Óleo natural: saiba por quais motivos de ele ser o melhor para sua saúde

Neste artigo vamos falar sobre óleo natural. Mas antes vamos entender o que é um óleo natural, de verdade, e quais os benefícios que o óleo natural traz para nossa saúde.

Também é importante refletir se o óleo natural é considerado um óleo sustentável. Vamos falar mais adiante sobre óleo sustentável.

O que é óleo?

O óleo é todo produto que, estando em temperatura ambiente, tem a forma líquida e, em grande maioria, é formado por ácidos graxos não saturados e ou hidrocarbonetos.

Um produto natural tem que conter 95% de ingredientes de origem natural, portanto, para obtermos um óleo natural de verdade é necessário que esta regra seja seguida.

De acordo com o IBD (maior certificadora da América Latina), para ser considerado um produto natural, no caso óleo natural, os ingredientes abaixo não podem ser utilizados:

  • Corantes sintéticos;
  • Fragrâncias sintéticas;
  • Polietilenoglicóis (PEGs);
  • Quaternários de amônio;
  • Silicones;
  • Conservantes;
  • Dietanolamidas;
  • Derivados de petróleo

Considerando estas diretrizes este produto também é considerado um óleo sustentável pois é obtido de forma a não agredir o meio ambiente.

Podemos considerar que óleo natural é o óleo 100% vegetal extraído de sementes, frutos, raízes, folhas e caule de plantas.

Devido à esta característica, o óleo natural pode ser utilizado como base para muitos cosméticos naturais, bem como em nosso corpo, cabelos, pele e para culinária.

Por que é considerado um óleo sustentável?

É considerado um óleo sustentável pois:

  • É extraído de produtos naturais;
  • É biodegradável;
  • Não agride nosso corpo;
  • Não faz uso de animais em sua composição;
  • Não possuem substâncias químicas perigosas ou tóxicas;
  • Não usam derivados do petróleo;
  • Não utilizam fragrâncias sintéticas;
  • Não contêm conservantes sintéticos;

Por todas estas características é considerado um óleo sustentável.

Como princípio de um produto sustentável, neste caso específico o óleo sustentável, devemos refletir sobre seu descarte.

Quando tomamos banho acabamos por eliminar parte dos produtos que consumimos. E com o óleo sustentável não é diferente.

Uma quantidade deste produto, mesmo sendo um óleo sustentável, vai para o solo e água. Portanto é importante a nossa responsabilidade na contaminação do meio ambiente. Ao consumir um óleo sustentável diminuímos esta possibilidade de poluir a natureza.

Mas devemos considerar o óleo sustentável não somente na nossa rotina de higiene pessoal e beleza, mas, também, ao utilizar produtos de limpeza para a casa.

Hoje há opções de produtos que tem como base óleos essenciais, um óleo sustentável, em sua composição. Estes produtos não causam alergias e também tem um aroma delicioso e são muito eficientes

O óleo natural pode ser óleo orgânico e também é considerado um óleo sustentável.

Alguns tipos de óleo natural

Vamos falar do óleo natural vegetal e do óleo natural essencial.

O óleo natural vegetal, normalmente, não tem aroma tão expressivo e é um pouco mais viscoso. Geralmente extraído de frutos, castanhas e sementes. Pode ser utilizado tanto na culinária bem como cosméticos para diluir o óleo natural essencial.

São extraídos de plantas oleaginosas, dos grãos, sementes, frutos e castanhas. São comercializados em frascos de até 1L.

Já o óleo natural essencial é extraído de raízes, flores, caule e folhas e tem um aroma mais pronunciado. É menos viscoso, não deve ser consumido (ingerido como o óleo natural vegetal) e é bem mais volátil. Seu uso pode ser para cosméticos e também na aromaterapia.

Seu processo de extração é feito com o uso de solventes, destilação e também pela compressão dos frutos. São vendidos em frascos de 5mL a 15mL.

Óleo vegetal

O óleo natural vegetal pode ter várias aplicações e também é considerado um óleo sustentável devido a forma como é obtido.

Pode ser um óleo orgânico, caso 95% dos ingredientes sejam de matéria prima orgânica certificada.

Dois usos do óleo natural vegetal:

  1. Culinária – alguns tipos:
  • Óleo Natural de Avelã
    • Rico em ômega 9 melhora do metabolismo de lipídeos/glicose;
    • Reduz nível de colesterol LDL;
    • Combate aos radicais livres com alto teor de vitaminas;
    • Prevenção de doença coronária/cardiovascular.
  • Óleo Natural de Chia
    • Fonte de ômega 3;
    • Contêm tocoferóis, fitoesteróis, carotenoides que previnem doenças coronárias;
    • Impulsionamento do sistema imunológico;
    • Benefícios para mulheres grávidas ou lactantes pois ajuda no crescimento fetal, infantil e no desenvolvimento da visão;
    • Atua no sistema nervoso sendo benéfico também para idosos.
  • Óleo Natural Coco
    • Não tem gordura trans, não hidrogenado;
    • Predominância de gorduras boas;
    • Rico em ácido láurico e vitaminas, portanto é considerado antioxidante; antiviral, antifúngico e antibactericida;
    • Rico em nutrientes;
    • Considerado um super alimento.

Existem ainda outros tipos para alimentação como soja, amendoim, azeite de oliva etc.

2. Cosméticos e tratamentos – alguns tipos:

  • Óleo Natural de Semente de uva
    • Previne estrias;
    • Promove hidratação;
    • Promove recuperação da pele.

  • Óleo Natural de Jojoba
    • Hidratante e controle da oleosidade nos cabelos;
    • Limpeza dos poros da pele – maior durabilidade e efeito do tratamento;
    • Toque seco com sensação bem aveludada na pele.
  • Óleo Natural de Abacate
    • Rico em vitaminas: A, B1, B2, C e ácido oleico;
    • Hidratação da pele;
    • Brilho aos cabelos;
    • Recuperação das cutículas.
  • Óleo Natural de Argan
    • Tratamento de cutículas;
    • Hidratação das pontas e fios de cabelos;
    • Recupera cabelos quebradiços ou com química;
    • Óleos finalizador dos cabelos.
  • Óleo Natural de Rosa Mosqueta
    • Hidratação e recuperação da pele sensível;
    • Auxílio aos tratamentos estéticos faciais;
    • Prevenção e redução de manchas.
Óleo orgânico de lavanda é muito usado na aromaterapia.

Óleo orgânico

Como dissemos, um óleo orgânico deve ter 95% de ingredientes oriundos de matéria prima orgânica. Além disto, para ser considerado um óleo orgânico ele deve ser extraído de forma sustentável, sem poluir solo, água e ar.

O manejo da produção do óleo orgânico deve ter uma certificação. No Brasil o IBD é o certificador e também fomenta a agricultura orgânica e a agricultura familiar.

Os sistemas de produção orgânica incentivam a manutenção dos ecossistemas, e com isso conservam e preservam fauna, flora e rios.

Devido a forma como é produzido, o óleo orgânico pode ser considerado um óleo ecológico reconhecendo a importância da preservação ambiental.

  • Óleo orgânico essencial de Alecrim
    • Reduz o cansaço;
    • Em tratamentos estéticos auxilia o sistema circulatório e reduz medidas;
    • Aromaterapia: energizante e revigorante. Agindo sobre esgotamento mental e físico.
  • Óleo orgânico essencial de Citronela
    • Repelente natural;
    • Uso em banhos de banheira ou saunas para aquecer articulações e melhorar a flexibilidade. 
  • Óleo orgânico essencial Lemongrass
    • Tem propriedades que estimulam funções de concentração e memória;
    • Ajuda na concentração e foco sendo ótimo para estudantes;
    • Em tratamentos estéticos: massagens modeladoras e de desintoxicação.
  • Óleo orgânico essencial Gerânio Brasil
    • Tratamento faciais para rejuvenescimento, recuperação e vitalização da pele;
    • Equilibra a oleosidade da pele;
    • Hidrata peles ressecadas e envelhecidas;
    • Aromaterapia: superar luto e momentos difíceis, amenizando a tristeza e ansiedade.
  • Óleo orgânico essencial Lavanda Brasil
    • Auxilia no sistema respiratório sendo descongestionante e expectorante;
    • Acalma nervosismo, ansiedade, insegurança e estresse;
    • Promove bem estar no ambiente.
  • Óleo orgânico essencial Palmarosa
    • Tratamentos estéticos para reduzir medidas;
    • Ameniza a flacidez;
    • Hidrata a pele, promovendo sua recuperação;
    • Tratamentos de clareamento da pele corporal;
  • Óleo orgânico essencial Erva Doce
    • Auxilia no processo digestivo;
    • Equilíbrio do sistema nervoso com aroma confortante e relaxante;
    • Conforto e alívio contra gases/flatulências;
    • Aromaterapia: estimulante digestivo e para períodos de amamentação no auxílio da produção do leite.

Esperamos que este artigo tenha ajudado a conhecer um pouco mais sobre óleo natural bem como os benefícios para a saúde.

Deixe um comentário

Open chat
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar? :)
Oi, tudo bem?
Como posso te ajudar? :)